Tânia Oleiro

Tânia Oleiro

Tânia Oleiro gravou o seu primeiro disco quinze anos depois de ter começado a cantar profissionalmente, e assim enriquece este trabalho com a sua maturidade enquanto fadista, com uma exímia escolha de repertório e com um conceito verdadeiramente singular.

“Terços de Fado” é um disco dividido em três terços: cada terço tocado por músicos diferentes, músicos que fizeram parte do percurso fadista de Tânia Oleiro, partilhando saberes e vivências em autênticos espaços emocionais para a fadista – Mouraria, Cercanias e… Alfama.